Bispo de Coimbra acredita no sucesso da candidatura da mata nacional do Bussaco a património da UNESCO O bispo de Coimbra, D. Virgílio Antunes

Bispo de Coimbra acredita no sucesso da candidatura da mata nacional do Bussaco a património da UNESCO

Classifique este item
(0 votos)

O bispo de Coimbra, D. Virgílio Antunes, deixou, no passado dia 13, na receção nos Paços do Concelho realizada no âmbito da visita pastoral às paróquias de Mealhada, Casal Comba e Vacariça, o seu aval e a sua crença no sucesso da candidatura a património da UNESCO da Mata Nacional do Bussaco e no desenvolvimento da vertente de turismo religioso.

O presidente da Câmara da Mealhada, Rui Marqueiro, pediu “ajuda na cruzada para fazer do Bussaco um local de peregrinação e um marco no turismo religioso” e o bispo de Coimbra deu a sua bênção ao projeto, afirmando sentir-se “feliz por estarem a ser dados passos para a valorização daquele espaço”.

Virgílio Antunes acredita que a matriz religiosa da Mata Nacional do Bussaco – o deserto Carmelita – fará a diferença na candidatura a Património da UNESCO e considerou que a mesma “tem todas as condições para ter sucesso”. “Nestas candidaturas o mais adequado é ir-se à identidade mais profunda dos lugares, essa é a diferenciação em relação a outros locais e a matriz fundamental do Bussaco é religiosa. E aqui conjugam-se os vários aspetos – natureza, património, história”, sublinhou.

Na visita à Câmara Municipal – que incluiu o contacto com os funcionários -, D. Virgílio Antunes falou da necessidade de cooperação e colaboração “institucionais -  e entre pessoas - na procura do bem comum e da melhoria de condições de vida para os que vivem e trabalham no concelho”, desejando ainda que este “Executivo consiga concretizar os seus projetos e ideais”.

Rui Marqueiro ofereceu ao bispo de Coimbra uma salva de prata comemorativa da visita e retribuiu os votos de sucesso na Diocese, assegurando que, na Câmara Municipal da Mealhada, se defendem os princípios de liberdade, respeito, igualdade e tolerância religiosa referidos por D. Virgílio Antunes.

 

Lida 79 vezes

Autor

Ondas da Serra

Ondas da Serra® é um Orgão de Comunicação Social com distribuição da informação pela Internet, que visa promover a identidade regional e o turismo através da promoção da cultura, património, monumentos, museus, desporto, economia, gastronomia, ecologia e coletividades dos concelhos da região norte do distrito de Aveiro, Ovar, Santa Maria da Feira, Espinho, São João da Madeira, Oliveira de Azeméis, Vale de Cambra, Arouca e dos restantes municípios desta região.

Itens relacionados

Pessoas empreendedoras

Há pessoas que nasceram com uma ambição, força e coragem que lhes permitem criar e desenvolver ideias que se traduzem muitas vezes em negócios de sucesso. Esta caraterística de empreendedorismo não é exclusiva de nenhum género, raça ou instrução, é uma maneira de ser. Ondas da Serra selecionou alguns exemplos de negócios que podem ser apontados como exemplo e dar força a quem pensa criar um negócio, ou já começou e enfrenta problemas e desafios que só podem ser vencidos com perseverança e resiliência. “O sucesso não é definitivo, a falha não é fatal. O que importa é a coragem de continuar.” Winston Churchill

A caminhada à Ilha dos Amores: da balbúrdia ao silêncio

Falcão deu a última ordem de partida para a Ilha dos Amores faltavam 5 minutos para as 14 horas. Num instante, a balbúrdia do cais cedeu ao silêncio. A equipa do Ondas da Serra foi a última a zarpar rumo ao ponto alto da caminhada ‘Em busca do amor’. À nossa espera estava o almoço partilhada entre as 21 pessoas que se aventuraram por Castelo de Paiva este Domingo, 22 de Julho.

Eventos Ondas da Serra

Ondas da Serra pontualmente efetua alguns eventos onde pretendemos envolver a nossa comunidade. Nós achamos ser nosso dever partilhar os nossos conhecimentos, sobre yoga, meditação, amor que temos pela humanidade, património natural e arquitetónico, animais e tradições. Defendemos um mundo melhor, onde as pessoas vivam em harmonia consigo próprias e com o universo, sem semearem a discórdia. Já fomos andar de bicicleta, de bateira na Ria de Aveiro, de barco no Rio Douro, subimos serras, mergulhamos em lagoas, fizemos yoga e meditação e partilhamos almoços em locais fantásticos. Aqui ficam alguns dos nossos momentos, não perca a oportunidade de viajar connosco.

Faça Login para postar comentários
Pub