80.º Aniversário do Museu Marítimo de Ílhavo

Classifique este item
(1 Vote)

Em 8 de agosto, o Museu Marítimo de Ílhavo celebra 80 anos de vida, sendo o Museu municipal mais visitado do país; em 2016 registou 80 mil visitantes e no passado mês de junho atingiu o seu recorde de públicos mensal. De 4 a 8 de agosto são várias as atividades oferecidas: workshops, performances, visitas especiais, lançamento de um livro, uma exposição e um concerto. Um tributo aos capitães de Ílhavo expressa a homenagem do Museu à comunidade ilhavense que, ao longo dos tempos, marcou gerações e teceu a identidade local.

O programa comemorativo dos 80 anos do Museu Marítimo de Ílhavo dirige-se a todo o público, dos oito aos oitenta (a entrada é gratuita). Todos a bordo!

4 de agosto (sexta-feira)

21h30 - Noite no Museu | Dormir com os bacalhaus [esgotado]
indicado para crianças dos 5 aos 12 anos | limitado a 25 participantes

5 de agosto (sábado) 

11h00 - Gastronomia de bordo | Workshop de cozinha [esgotado]
Com cozinheiro de navios da frota bacalhoeira  (limitado a 12 participantes)

15h00 - O pior contador de histórias dos sete mares | Contos do Homem do Mar, com Rodolfo Castro - destinado a famílias | limitado a 30 participantes

17h00 Marinheiros e Naufrágios | Performance Radar 360  (entrada livre)

18h30 Abertura da Exposição Temporária: História Trágico Marítima (entrada livre)

21h30 O pior contador de histórias dos sete mares | Contos do Homem do Mar, com Rodolfo Castro (limitado a 30 participantes - indicado para maiores de 16 anos)

6 de agosto (domingo) 

15h00 - Dos 8 aos 80: Mergulhador por um dia (limitado a 50 participantes) 
21h30 - Orquestra Filarmonia das Beiras (História Trágico Marítima) Concerto Comemorativo dos 80 anos do Museu (entrada livre) 

7 de agosto (segunda-feira)

10h30 + 15h30 Visita especial às reservas (limitado a 15 participantes) 

8 de agosto (terça-feira)

10h30 + 15h30 Da praia ao aquário | Visita especial (limitado à lotação do autocarro)

17h30 Sessão comemorativa - Lançamento do livro “Tributo a Capitães de Ílhavo”, de Ana Maria Lopes

Lida 391 vezes

Autor

Ondas da Serra

Ondas da Serra® é um Orgão de Comunicação Social periódico, distribuído electronicamente, que visa através da inserção de notícias, promover a identidade regional, o turismo, e a divulgação/defesa do património natural, arquitectónico, pessoas, animais e tradições, dos concelhos da região norte do distrito de Aveiro, nomeadamente: Ovar, Santa Maria da Feira, Espinho, São João da Madeira, Oliveira de Azeméis, Vale de Cambra e Arouca e do forma mais geral dos restantes municípios do distrito.

Itens relacionados

São João de Fontoura na Rota dos Cerejais

Os vastos horizontes que se têm aberto ao Ondas da Serra levaram-nos para fora de Aveiro para ver outras maravilhas do nosso país, desta vez fomos até São João da Fontoura em Resende, para degustarmos a sua Rota dos Cerejais.

Caldas de São Jorge | Terra de mártir, poesia, rio e águas termais

Caldas de São Jorge é uma freguesia de Santa Maria da Feira, bastante conhecida pelas suas águas termais, mas que tem outras riquezas à espera de serem descobertas.

O CENÁRIO da Ria de Ovar, por Hélder Ventura

O Ondas da Serra visitou o Cais do Puxadouro, na Ria de Aveiro, em Válega. Durante séculos, este foi o local de onde partiram produtos agrícolas, de pecuária, telha e caulino. O porto, com as embarcações de madeira que os transportavam, foi perdendo as suas funções originais e o local transformou-se em CENÁRIO. O Centro Náutico da Ria de Ovar surge com a missão de preservar a memória do Cais e de recuperar histórias que, de outra forma se perderiam.

Faça Login para postar comentários
Pub