Campanha do Banco Alimentar entre 26 e 28 de maio

Classifique este item
(0 votos)

A Campanha do Banco Alimentar Contra a Fome no Concelho de Albergaria-a-Velha decorre entre os dias 26 e 28 de maio. Envolve 19 estabelecimentos comerciais e centenas de voluntários, que se desdobram entre a recolha e a triagem de alimentos. A recolha é assegurada por voluntários de 21 entidades parceiras.

Na Freguesia de Albergaria-a-Velha e Valmaior, a campanha de recolha de bens alimentares decorre no Continente, Minipreço, Intermarché, Pingo Doce, Albamercado, Minimercado Tianica, Minimercado O Brasileiro e Minimercado Santo António.

Na Freguesia de Alquerubim, pode contribuir fazendo compras na Loja Ideal. Na Freguesia de Angeja, a recolha decorre no Minimercado Nogueira & Soares e no Mercadinho da Fonte. Na Freguesia da Branca, a campanha decorre no Minimercado Norte, no Supermercado Descontão, no Mercado Poço e na Mercearia O Pomar. Na Freguesia de S. João de Loure e Frossos, no Minimercado Joaninha, no Supermercado Azenhas e na Casa Dulce. Na Freguesia da Ribeira de Fráguas, a recolha é na Lojinha Benchik. A recolha de alimentos é organizada pela Câmara Municipal, que disponibiliza toda a logística necessária e coordena a operação nas seis freguesias. Diversas instituições fazem a recolha e a entrega autonomamente.

Os voluntários envolvidos pertencem ao Agrupamento de Escolas de Albergaria-a-Velha, aos agrupamentos de Escuteiros de Albergaria-a-Velha, Branca e Angeja; ao Banco Local de Voluntariado do Município de Albergaria; ao CLDS Albergaria Integra’T, aos grupos de Jovens de Valmaior e de Ribeira de Fráguas; aos grupos Cáritas de Albergaria-a-Velha, Branca, Angeja e às instituições Particulares de Solidariedade Social, AHMA – Associação Humanitária Mão Amiga, APPACDM – Associação Portuguesa Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental de Albergaria-a-Velha, Probranca – Associação para o Desenvolvimento Sócio-cultural da Branca, ASSA – Associação de Solidariedade Social de Alquerubim, Centro Social e Paroquial de Angeja, Creche Fundação Helena Albuquerque de Quadros, Cediara – Centro para Idosos de Ribeira de Fráguas, Centro Social e Paroquial de Santa Eulália, Associação de Solidariedade Social Sanjoanense e ASIV – Associação de Solidariedade para Idosos com Vida. O Rotary Club de Albergaria-a-Velha também participa na campanha, tal como as juntas de Freguesia do Concelho.

Sob o lema “Partilhar sabe bem”, a Campanha do Banco Alimentar Contra a Fome decorre em todo o País, nos dias 27 e 28, envolvendo mais de 40 mil voluntários e mais de 2 mil estabelecimentos comerciais. O objetivo é recolher alimentos não perecíveis, de forma a serem distribuídos por famílias carenciadas. Os resultados da recolha é anunciado posteriormente.

Lida 350 vezes

Autor

Ondas da Serra

Ondas da Serra® é um Orgão de Comunicação Social periódico, distribuído electronicamente, que visa através da inserção de notícias, promover a identidade regional, o turismo, e a divulgação/defesa do património natural, arquitectónico, pessoas, animais e tradições, dos concelhos da região norte do distrito de Aveiro, nomeadamente: Ovar, Santa Maria da Feira, Espinho, São João da Madeira, Oliveira de Azeméis, Vale de Cambra e Arouca e do forma mais geral dos restantes municípios do distrito.

Itens relacionados

Ana Pires: a exploradora de todas as fronteiras

Ana Pires: “Não consigo passar muito tempo sem respirar o ar do mar! Este mar de Espinho que me dá forças!”

A primeira mulher cientista-astronauta portuguesa é natural de Espinho e vive em Lourosa, Santa Maria da Feira. Ana Pires nasceu a 13 de janeiro de 1980 e cresceu na vila portuguesa de São Paio de Oleiros. Aos 38 anos participou no projecto PoSSUM - Ciência Suborbital Polar na Alta Mesosfera, apoiado pela NASA e que decorreu na Flórida (EUA).

Paraduça e suas gentes

O Ondas viajou até Paraduça – Vale de Cambra, onde conhecemos alguma das suas gentes e moinhos de rodízio. Nesta aventura tivemos como guia o PR6 – Rota dos Moinhos, que está muito bem assinalado e aconselhamos vivamente. O tempo não esteve famoso, a chuva miudinha não parou de cair, o ambiente estava enevoado e esperamos em vão que o céu mostrasse o seu sorriso.

Percursos pedestres em Aveiro

O nosso magnifico distrito possui dezenas de trilhos onde podemos observar a natureza, pássaros, insetos, flores, árvores e escutar um silêncio que dificilmente encontramos no meio urbano. Por vezes durante as caminhadas poderá cruzar-se com os habitantes desses locais, lembrem-se que um cumprimento e um sorriso não custam nada e fazem muito bem. Nós temos falado com pastores, pescadores, idosos e feirantes que sempre nós ensinam algo e nos relembram de outros tempos em que a sociedade estava mais unida.

Pub