Troupe de Reis da Associação Cultural e Recreativa de Sande, Salgueiral e Cimo de Vila e Grupo Folclórico da Região de Ovar – 2018 Troupe de Reis da Associação Cultural e Recreativa de Sande, Salgueiral e Cimo de Vila e Grupo Folclórico da Região de Ovar – 2018
quarta, 10 janeiro 2018 13:46

Troupe de Reis da Associação Cultural e Recreativa de Sande, Salgueiral e Cimo de Vila e Grupo Folclórico da Região de Ovar – 2018

Classifique este item
(0 votos)

Ondas da Serra esteve no dia de Reis, 6 de janeiro, no café Ideal, com muitas décadas e tradições em Ovar para escutar as troupes convidadas. A oitava troupe a cantar pertenceu à Associação Cultural e Recreativa de Sande, Salgueiral e Cimo de Vila e Grupo Folclórico da Região de Ovar.

Orientação artística: Ana Silva, Carlos Marques e Pedro Matos;

Arranjos musicais: Ana Silva, Carlos Marques e Pedro Matos;

Letras: Pedro Matos e Ricardo Almeida;

Violões: António Silva, José Gonçalves e Nuno Silva e Pedro Martins;

Violino: Ana Silva;

Solistas: Carlos Marques, Inês Gonçalves e Pedro Matos;

Vozes: Dolores Ribeiro, Fátima Pereira, Irene Marques, Manuela Barros, Maria de Jesus Palhas, Maria Patrocínio Silva, Rosa Repinaldo, Rosa Soares, Rosalina Branco, Domingos Silva, Fábio Barros, Manuel Frutuosa, Manuel Lopes, Manuel Ribeiro, Manuel Ribeiro da Silva, Ricardo Almeida, Salviano Branco e Tiago Lopes.

Ver todos os vídeos.

Vídeo

 

Lida 188 vezes

Autor

Ondas da Serra

Ondas da Serra® é um Orgão de Comunicação Social com distribuição da informação pela Internet, que visa promover a identidade regional e o turismo através da promoção da cultura, património, monumentos, museus, desporto, economia, gastronomia, ecologia e coletividades dos concelhos da região norte do distrito de Aveiro, Ovar, Santa Maria da Feira, Espinho, São João da Madeira, Oliveira de Azeméis, Vale de Cambra, Arouca e dos restantes municípios desta região.

Itens relacionados

A mercearia centenária “Loja da Preciosa”

Numa das nossas incursões de bicicleta por Estarreja, ao passar na Rua Dionísio de Mouro, uma casa chamou-nos atenção. No largo um edifício tinha a fachada coberta por fotografias a preto e branco, podemos vislumbrar por uma porta aberta, o ambiente no interior e ali funcionava uma mercearia tradicional. Pegamos logo na máquina para captar umas fotos do e afastamo-nos um pouco, ao que uma senhora logo exclamou, “O homem pode entrar que ninguém lhe faz mal”.

Dia Nacional dos Moinhos na Mealhada

O Dia dos Moinhos comemorou-se no dia 07 de abril, tendo a autarquia da Mealhada como é habitual feito um programa muito rico e variado para o último fim-de-semana. No domingo dia 8, fomos acompanhar a caminhada que organizaram pela Rota dos Moinhos (PR1).

Ricardo Vieira: “A música é um caminho infinito”

Ricardo Vieira imortaliza os compositores e as suas criações a cada concerto. O pianista nasceu em Santa Maria da Feira há 33 anos e hoje conquista plateias em todo o mundo. Dezassete anos depois do primeiro concerto com orquestra, no Teatro São Luiz, em Lisboa, garante que nunca vai com “receio para cima do palco”.

Faça Login para postar comentários
Pub