segunda, 10 abril 2017 15:07

300 correram pela Rota dos Edifícios Militares

Classifique este item
(1 Vote)

O Município de Espinho em parceria com a Running Espinho organizou no dia 08 de abril, a 1ª corrida/caminhada pela "Rota dos Edifícios Militares" - do concelho de Espinho - "URBACT MAPS – Military Assets as Public Spaces".

A corrida de 10 km e a caminhada de 5 km tiveram início pelas 10H00 tendo como ponto de partida e chegada o Regimento de Engenharia N.º 3 de Espinho, situado na Freguesia de Paramos.

A realização deste evento inseriu-se na divulgação e promoção do projeto Maps do programa URBACT. Este programa europeu visa dar a conhecer e envolver os cidadãos, associações, empresas, instituições públicas e privadas na conceção de plano estratégico para reutilização das instalações militares atualmente desativadas e da respetiva área adjacente.

Esta iniciativa contou com cerca de 300 participantes (corrida e caminhada), e teve o apoio do Regimento de Engenharia nº 3 de Espinho.

 

Lida 463 vezes

Autor

Ondas da Serra

Ondas da Serra® é um Orgão de Comunicação Social periódico, distribuído electronicamente, que visa através da inserção de notícias, promover a identidade regional, o turismo, e a divulgação/defesa do património natural, arquitectónico, pessoas, animais e tradições, dos concelhos da região norte do distrito de Aveiro, nomeadamente: Ovar, Santa Maria da Feira, Espinho, São João da Madeira, Oliveira de Azeméis, Vale de Cambra e Arouca e do forma mais geral dos restantes municípios do distrito.

Itens relacionados

É tão bonito! Onde fica?

O chão de madeira serpenteia entre a maior zona lagunar do Norte de Portugal com o brilho que só a natureza pode proporcionar. Os passadiços da Barrinha de Esmoriz, no concelho de Ovar, são o passeio idílico para amantes de praia, natureza e emoções. É bonito por tudo o que oferece a quem o visita. Simples e poderoso.

Clubes Desportivos de Aveiro

Recentemente Portugal comemorou mais uma revolução dos cravos. Cada vez nos afastamos mais desse marco histórico e desde então o pais tem vindo a desenvolver o seu nível de vida em vários aspetos. Melhoramos muito na economia, saúde, educação e também no desporto. Nas últimas décadas obtivemos muitas conquistas coletivas e individuais que nos enchem de orgulho. Agora competimos para ganhar e abandonamos a nossa descrença e o fado dos velhos do Restelo. Mas nada surge do nada e sem trabalho, no futebol aumentamos o número de praticantes, a qualidade dos formadores e das infraestruturas.  Aqui fica uma seleção de algumas equipas do nosso distrito em diferentes escalões que são um exemplo de resiliência e a força dos seus dirigentes e associados.

Mosteirô Futebol Clube: unidos no rumo certo

O Mosteirô Futebol Clube completou no dia 16 de abril, 36 anos de trabalho e resiliência. ‘Unidos no rumo certo’ é o lema de guerra do clube de Santa Maria da Feira. Assistimos no dia 5 de maio, no Campo de Jogos de Santo André em Mosteirô, ao jogo da 12.ª jornada do Campeonato Distrital Traquinas que colocou o Mosteirô a jogar contra o Clube Desportivo de Tarei.