segunda, 07 agosto 2017 02:11

Agosto – Mês dos Eclipses

Classifique este item
(1 Vote)

Este mês vai ser rico em eclipses. Irão ocorrer dois, um lunar e um solar (dias 7 e 21 de agosto, respetivamente). Este tipo de eventos astronómicos despertam sempre grande interesse e curiosidade não só de astrónomos, mas também do público em geral. O primeiro dos dois é hoje, dia 7 de agosto, segunda-feira, e será um eclipse parcial da Lua. Este terá início perto das 17 horas e terminará por volta das 22 horas, mas em Portugal, e em particular em Espinho, só será visível a partir das 20h35, hora a que a Lua nasce nesse dia.

Um eclipse lunar ocorre quando a Terra, a Lua e o Sol estão alinhados de tal forma que a Lua atravessa a sombra da Terra. O que vemos da Terra é uma diminuição do brilho da Lua, dado que os eclipses da Lua ocorrem sempre na Lua cheia. Este fenómeno não ocorre todos os meses porque a órbita da Lua em torno do nosso planeta e a da Terra em torno do Sol não estão perfeitamente alinhadas, caso contrário teríamos dois eclipses por mês, um solar e um lunar.

No dia 21 haverá um eclipse do Sol. Desta vez é a Lua que se coloca entre o Sol e a Terra. Será um eclipse total, cuja notoriedade advém de atravessar o continente norte americano de costa a costa, passando sob grandes cidades. Em Portugal será parcial e começará a ser visível um pouco antes do pôr do Sol.

Como esta é uma situação rara deve ser bem apreciada e, como tal, o Planetário de Espinho está a organizar uma sessão de observação do eclipse Lunar no dia 7 de agosto, pelas 20h15, na Alameda Maia-Benha. No dia 21, o referido Planetário irá permitir a observação do Eclipse do Sol, junto à praia da Baía, das 19h00 às 20h30.

Fonte: http://www.multimeios.pt

Lida 517 vezes

Autor

Ondas da Serra

Ondas da Serra® é um Orgão de Comunicação Social periódico, distribuído electronicamente, que visa através da inserção de notícias, promover a identidade regional, o turismo, e a divulgação/defesa do património natural, arquitectónico, pessoas, animais e tradições, dos concelhos da região norte do distrito de Aveiro, nomeadamente: Ovar, Santa Maria da Feira, Espinho, São João da Madeira, Oliveira de Azeméis, Vale de Cambra e Arouca e do forma mais geral dos restantes municípios do distrito.

Itens relacionados

A libertação musical no novo disco dos Prana

Foram duas vezes, por um período de cindo dias, para uma casa em Arouca e, sem pressas, compuseram a maioria dos temas que formam o terceiro disco. “Mulher ou Comandante” é o segundo single do trabalho com lançamento previsto para o início de 2018. Prevê-se muito rock, melodia e intervenção emocional.

Festival de Ciência abriu portas esta 4.ª feira

Com entrada livre no Espaço Inovação

A 3.ª edição do Festival de Ciência de Oliveira do Bairro foi inaugurada esta 4.ª feira, desenrolando-se até 6.ª feira, para mais uma grande festa da cultura científica, com entrada gratuita, que junta cientistas, universidades, entidades educativas e científicas, alunos e público em geral.

Cores e sabores da Feira de Espinho

A proliferação das grandes superfícies comerciais é uma das causas do desaparecimento das chamadas feiras tradicionais. A Feira de Espinho, que se realiza à 2.ª feira na Avenida 24, "já teve dias melhores", como alguns feirantes afirmaram ao "ONDAS DA SERRA".