Pág. 3 de 3

Fazer (17)

Fazer

O concelho de Espinho permite ao visitante ocupar o seu tempo-livre fazendo caminhadas pelos passadiços da orla marítima até Vila Nova de Gaia e se quiser regressar de comboio, no verão banhar-se nas suas praias ou na piscina “Solário Atlântico”, praticar desportos ligados ao mar, observar aves ou visitar lagoas. Esta cidade possui uma serie de equipamentos municipais de qualidade, tendo alguns sido inaugurados num passado recente, destacando-se a nave polivalente e o fórum de arte e Cultura de Espinho. Espinho possui uma agradável vida noturna destacando-se o conhecido casino. Semanalmente realiza-se uma das maiores feiras do país onde poderá ser encontrado de tudo um pouco.

É uma cidade de tradições que venera e respeita o mar tendo como padroeira a Srª da Ajuda, a festa em sua honra realiza-se em Setembro com as ruas por onde passa a procissão enfeitadas de tapetes coloridos desenhados com sal, flores e motivos religiosos num espetáculo de muita beleza e solenidade.     

Esta cidade está bem servida de transportes e linhas de comunicação, possui uma estação da CP e rápidos acessos à A29, A1 e A41. Depois duma grande e demorada batalha com os esforços da autarquia a cidade deixou de estar dividida e a linha do caminho de ferro foi enterrada libertando a parte superior para novos espaços que ainda não estão totalmente aproveitados.  

O jogo em Espinho é tão ancestral como os primeiros palheiros da antiga povoação. Jogos de cartas, vermelhinha e dados, foram lazer dos nossos pescadores em horas de ócio. Assim, quando os "ovareiros” chegavam do sul para a pesca nas nossas águas, tinham como distração o jogo à sombra das embarcações. Em 1865, Espinho já possuía tavernas de jogo a pataco. Tratavam-se das "Pataqueiras Clandestinas”. Em 1990 existiam variadíssimas "batotas pataqueiras” recatadas da vista do público, com reposteiros nas portas, escondendo assim a clientela do olhar dos que por ali passavam.

As dunas litorais constituem uma zona de interação entre o continente e o oceano na zona de Espinho. Uma disposição permanente de areia e progressiva fixação de vegetação, determina a formação das nossas dunas, sua manutenção e consolidação, conferindo-lhe estabilidade.

Desde 1894, que, nos dias 1 e 16 de cada mês realizava-se um mercado quinzenal em Espinho. Devido ao crescimento da população passou a ser semanal e é hoje uma das maiores feiras semanais do país.

Situada a sul do Concelho em Paramos, constitui uma área de interesse ecológico, paisagístico e recreativo possuindo uma grande diversidade ornitológica e vegetal, sendo de referir que algumas das espécies existentes constam nas " Diretivas do Conselho das Comunidades Europeias relativas à conservação das aves selvagens".

Espinho possui 8Km de praias, que desde 1830 são procuradas pelo clima ameno, areais extensos em conjunto com rochas marinhas repletas de algas em certas zonas que proporcionam a cada veraneante a possibilidade de escolher a praia da sua preferência.

Pág. 3 de 3