Pág. 5 de 5

Fazer (28)

Fazer

Arouca possui bastantes potencialidades turísticas, caraterizada por uma rica gastronomia e doçaria conventual. Situada entre várias serras, com povoações plantadas em locais improváveis, possui uma atmosfera ímpar para as amantes da natureza, montanhismo, caminhadas, desportos radicais e fotografia. Os incêndios tem destruído muito do seu valioso património natural mas ainda subsistem manchas de floresta autóctone como o PR10, rota dos Aromas. Este percurso em conjunto com o PR1 Caminhos de Montemuro formam os únicos a não serem afetado pelos fogos. Arouca tem nos Passadiços do Paiva um dos seus cartazes mais conhecido mas não se esgota nele, descubra por si próprio as aldeias perdidas na serra, algumas desabitadas mas não abandonadas, como Drave, em cascata pelos montes como Regoufe ou Noninha. Gente hospitaleira e humilde acolhe quem os visita sempre com um sorriso no rosto.

“...torneia-se o monte e começa a descida para o vale de Arouca. A encosta e o vale igualam em beleza a Sintra e excedem-na em vastidão.”

Alexandre Herculano, 1854

"No nordeste do distrito de Aveiro situa-se o município de Arouca com uma área total de 327km2, estando distante de Aveiro 60 km e 50km do Porto. Integra-se na NUT III Entre Douro e Vouga fazendo fronteira com os concelhos de Castelo de Paiva, Santa Maria da Feira, Oliveira de Azeméis, Vale de Cambra e Gondomar. Também os concelhos de São Pedro do Sul, Castro Daire e Cinfães do distrito de Viseu fazem fronteira com Arouca.

O granito onde se insere a escola de escalada aqui apresentada enquadra-se geologicamente no denominado Plutão Granítico da Serra da Freita. Este corresponde a um corpo granítico, com uma orientação NW-SE, que intersecta, de forma mais ou menos descontínua, as rochas metamórficas do Super-Grupo Dúrico-Beirão (> 520 milhões de anos), correspondendo estas últimas a uma sequência alternante de xistos e grauvaques.

Localização: Rio Paiva a 15 Km da vila de Arouca e a 5 Km de Alvarenga. Descrição: Praia fluvial localizada na margem do Rio Paiva, na freguesia de Canelas. Ponto da partida de algumas actividades desportivas praticadas no Rio Paiva.

Segundo a documentação existente, o antigo mosteiro de S. Pedro data do séc. X. No ano de 1210 o Mosteiro de Arouca é legado a D. Mafalda, por seu pai, D. Sancho I, Rei de Portugal. No entanto, o início do seu padroado ocorre apenas em 1217 ou mesmo 1220. Embora nos seus primórdios a regra adoptada no Mosteiro tenha sido a da Ordem de S. Bento, no início do séc. XII viria a ser adoptada a da Ordem de Cister, que se manteria até aos finais do séc. XIX.

Pág. 5 de 5