Pág. 1 de 3

Fazer (16)

Fazer

Ovar foi plantado entre o mar e a ria conferindo-lhe características únicas para a prática de desportos náuticos. Dotado de grande beleza natural nem sempre bem aproveitada e muitas vezes desmazelada possui ainda uma mancha verde com pinheiro mediterrâneo e um cordão dunar que fazem o que podem contra o avanço do mar, até quando é uma incógnita. Gente alegre que celebra como ninguém o seu Carnaval que dizem ser o melhor de Portugal sob o lema “Vitamina da Alegria”. Mas Ovar tem muitos outros tesouros à espera de serem descobertos por quem visitar esta terra vareira, que é um museu a céu aberto para os amantes da azulejaria.

No próximo dia 29 de outubro o Espaço Yoga e Ondas da Serra associam-se na realização do evento “Yoga nas Ondas da Serra”. Estes dois projetos têm em comum o gosto pela natureza e elevação do homem a patamares superiores da sua essência.

O desejo de Amândio e Augusta Rebelo em oferecer bons momentos concretizou-se em 1991. Oxalá vestiu novos significados e consolidou-se como um dos restaurantes mais icónicos da cidade de Ovar. O compromisso é com as pessoas e com o seu bem-estar. Mais do que comida, o Restaurante Oxalá revoluciona o conceito de gastronomia requintada há 26 anos e atrai atenções em todo o mundo.

A rede de ciclovias e ecopistas do concelho de Ovar possui cerca de 30 km de extensão e oferece várias paisagens em ambiente urbano e natural. A maior parte dos seus percursos oferecem segurança às pessoas que por ali caminham ou se deslocam de bicicleta. Apesar disso, nos últimos tempos, a segurança tem decrescido pois começaram a ser usadas por alguns incautos condutores de bicicletas elétricas e mobiletes.

Como tínhamos informado os nossos leitores, realizou-se na manhã de 26 de agosto o primeiro passeio de bicicleta promovido pelo ONDAS DA SERRA, o "Ondas na Ria", que deu a conhecer aos participantes alguns recantos bucólicos da Ria de Aveiro.

Ovar possui cerca de 40 Km em ciclovias que percorrem o concelho junto à ria, florestas e praias. Esta riqueza é aproveitada por centenas de desportistas que todos os dias pedalam nas terras vareiras com especial incidência aos fins-de-semana. Contudo não basta fazer as vias é necessário fazer a sua manutenção e conservação.

Quem é que nunca comeu camarinhas? O ONDAS DA SERRA foi até à mata atlântica do Furadouro, Ovar, apanhar e provar algumas destas bagas que mais parecem pérolas. Já agora, estavam uma delícia! Conheça a "Lenda das Camarinhas" e mais algumas curiosidades sobre este fruto.

Pág. 1 de 3
Pub