Pág. 1 de 20

Ovar (116)

Ovar

O concelho de Ovar dispõe de uma excelente localização e ótimas acessibilidades. Localizado no Distrito de Aveiro, ocupa uma posição excêntrica no litoral norte, ficando próxima dos maiores centros urbanos do Norte e Centro de Portugal – Porto e Aveiro.

Com uma área total de 160.64 Km2. Integra oito freguesias Arada, Cortegaça, Esmoriz, Maceda, Ovar, S. João, s. Vicente de Pereira e Válega.

Substituindo um antigo concelho extinto, Ovar teve carte de fora dada por D. Manuel I, em 10 de fevereiro de 1514. Terra de lavradores, pescadores, comerciantes e artesãos. Ovar conheceu os rumos da industrialização e urbanização a partir doa anos 50 do século passado.

O desenvolvimento económico não perturbou os hábitos multisseculares, mantendo vivas as tradições do Cantar dos Reis, das Procissões Quaresmais, das festividades de verão e da grande festa popular que é o Carnaval.

O concelho de ovar dispõe de um património natural riquíssimo (a floresta, a Ria e as praias), um importante património arquitetónico e cultural (azulejo e arte sacra), o afamado Pão-de-Ló de Ovar, tudo isto aliado à modernidade de uma rede de acessos privilegiada, várias zonas industriais, comércio e serviços, equipamentos desportivos de qualidade e de uma rede de ecopistas e ciclovias com ais de 40 km de extensão.

Não existem piratas, mercenários ou ladrões na Taberna Dom Joaquim, apenas damas e cavalheiros na cavaqueira, passageiros a aguardar pelo comboio e estudantes atrasados para as aulas. O Largo da Estação de Ovar recebeu no início do ano a reabertura de um espaço que é uma viagem no tempo e que, com o charme das tabernas medievais, oferece vinhos do Douro, petiscos e refeições difíceis de resistir.

Apesar de a Morte ser a porta da Vida – como está escrito num dos belíssimos painéis azulejares do Cemitério de Ovar –, a perda de um ente querido é sempre um acontecimento difícil de superar. É nestes momentos dolorosos que entram em cena profissionais dedicados que prestam uma série de serviços fúnebres à família enlutada, a qualquer hora do dia, de forma a atenuar a sua dor, como é o caso das simpáticas senhoras da Agência Funerária Celina Soares & Emília Fernandes Lda. O ONDAS DA SERRA foi até ao n.º 49 da Rua Visconde de Ovar, num fim de tarde, e esteve à conversa com estas mulheres de coragem.

A Força Aérea e a Câmara Municipal de Ovar vão realizar um Simulacro de Acidente com uma Aeronave Militar, no dia 19 de novembro, pelas 10h00, no Parque de Nossa Senhora da Graça, Rua Arquiteto Januário Godinho, em frente à Biblioteca Municipal de Ovar.

Foi hoje publicada, em Diário da República, a abertura de concurso para atribuição do direito de utilização do edifício Vela Areinho para a instalação e exploração de um estabelecimento de restauração no local. Os interessados poderão remeter a sua candidatura até às 17 horas do dia 24 de novembro de 2017.

Em Ovar existe um local que passa frequentemente despercebido, a Moita. Nós passeamos com regularidade pelos seus caminhos, apreciando os campos, aves, insetos, flores, águas, esteiros e ria. Os quadros variam com as estações, humores do tempo, pessoas, fauna e flora.

CMOvar prossegue estratégia de contenção da carga fiscal | Em prol dos munícipes e da criação de emprego no concelho

Na terceira reunião da Câmara Municipal de Ovar, os Impostos Municipais foram o tema central, tendo Salvador Malheiro anunciado e reforçado a aposta numa estratégia de continuidade de contenção da carga fiscal em prol dos munícipes e da criação de emprego no território do concelho, afirmando “desde 2013 adotámos uma estratégia clara de alívio da carga fiscal dos nossos munícipes e das nossas empresas, que se revelaram profícuos:  as nossas empresas cresceram, o número de desempregados diminuiu, a população aumentou. E não podemos ficar indiferentes a estes dados. Ovar é hoje um território com mais qualidade de vida, mais empregador e mais empreendedor e a nossa estratégia é para continuar”.

Pág. 1 de 20